Hoje “ir ao banco” é algo que fazemos em todo o tempo e em todo o lado, através de uma grande variedade de canais, formas e ecrãs que acompanham as pessoas no seu quotidiano.

Ajudar as instituições financeiras e os seus clientes a tirarem mais partido da sua vida e das suas interações é da nossa responsabilidade. Por isso, utilizamos a tecnologia para transformar a ação de “ir ao banco” numa atividade simples e integrada do nosso dia-a-dia, capaz de gerar experiências felizes e com um impacto positivo no nosso bem-estar e no da comunidade.

Tão simples e feliz quanto isso.

 

Tudo porque sabemos que o futuro das empresas depende da sua capacidade de demonstrar o seu valor e relevância na vida dos seus clientes, internos e externos, e de serem rápidos e eficazes no acompanhar da mudança.
 

E como fazemos? Colocamos a tecnologia ao serviço das pessoas, de forma a proporcionar interações relevantes e oportunas. Acreditamos no Live Banking – capacitar as instituições financeiras para atuar no tempo certo e tornar viva e concreta a sua proposta de valor junto dos seus clientes através de:
 

  • Emoções
     
  • Contexto
     
  • Simplicidade
     
  • Mobilidade
     
  • Cognição e Antecipação

LiveBanking

Ver online

Por onde já espalhámos felicidade?

Do século XX para o século XXI

Revolucionámos a forma como um dos grandes bancos de Angola lida com os seus clientes.

Através de sistemas de negócio e de tecnologias de informação, que incluem soluções inovadoras de gestão da relação com os clientes, dotámos o banco das ferramentas necessárias para operacionalizar os seus produtos financeiros, de forma mais eficiente e eficaz.

Uma transformação rumo à modernidade que lhe dá a capacidade de lançar no mercado produtos e serviços líderes.

A ajudar os negócios a crescer!


Porque estamos com o cliente, sempre. Mesmo à distância.

Apoiámos a rápida expansão da rede de agências de um banco moçambicano.


Montámos a infraestrutura e ajudámos a comunicar para aumentar a proximidade com os seus clientes. Num crescimento sustentado, rápido e sem falhas. Mais próximo.


Simultaneamente, a partir do nosso Agile Center, localizado em Portugal, profissionais altamente qualificados acompanham esta infraestrutura de TI, 24 horas por dia, 7 dias por semana.


Somos capazes de antecipar e prevenir possíveis problemas e garantir a manutenção e atualização das plataformas. A infraestrutura mantém-se permanentemente atualizada e ajustada à realidade do banco.

Gerir cada cêntimo

Desenvolvemos, para um banco português, uma solução que permite gerir as despesas pessoais a partir de um simples extrato de conta.

Os clientes ganham assim um maior controlo sobre as suas finanças.

É fácil, intuitivo e acessível e faz aquilo que gostamos mais de fazer: colocar a tecnologia ao serviço das pessoas e das suas necessidades.

Ajudamos famílias a poupar

Dimensão e agilidade

Para quem visita Portugal, uma das boas surpresas (além do pastel de nata) é a facilidade de encontrar uma caixa electrónica em cada esquina.

Os portugueses são dos europeus que mais pagam com cartões. Pudera: têm um dos sistemas de pagamentos electrónicos mais evoluídos do mundo. O sistema de pagamentos Português, um dos maiores processadores de pagamentos da Europa, gere 14.000 ATMs, 274.000 terminais POS, 19 milhões de cartões, pagamentos online e via telemóvel, compensação de cheques e cartões.



Quando se atinge esta escala, a pergunta é:

como manter o ritmo de inovação que fez deste sistema uma referência internacional? Como ter um sistema com mais de 25 anos sempre um passo à frente das expectativas dos clientes?

 

Com competência – e um bom parceiro tecnológico, é a resposta.

Ao longo destes anos, o nosso cliente contou sempre com o know-how da Novabase.

Com uma resposta ágil, mesmo em projetos de grande dimensão e risco, o apoio que prestamos tem sido em grande escala, flexível e abrangente.


Tal como eles fizeram com os seus clientes, transformando este num dos sistemas de pagamentos mais fiáveis da Europa.

Um Banco sem papel

Desmaterializando a documentação de todas as aplicações de negócio, a solução tornou o banco mais integrado e ágil. Com cada área independente para gerir os seus próprios processos, desenhando e publicando autonomamente os formulários. Ser um grande banco traz vantagens e desafios.

Sem o peso de milhares de papéis, graças a um projeto de desmaterialização que a própria IBM considerou uma referência mundial, é mais fácil ficar só com as vantagens.

Ser um banco com mais de 1000 balcões e inúmeros serviços traz vantagens, mas também desafios. Um deles é lidar com 600 tipos de formulários – o que, até há algum tempo, significava uma montanha de papel e de trabalho manual para um dos maiores bancos portugueses.

Libertá-lo desse peso foi o desafio colocado à Novabase.

E que desafio. Passar para o digital toda a informação existente. Automatizar workflows, integrando-os com as aplicações de negócio. Tudo com absoluta fiabilidade e segurança, já que são processos críticos para os balcões. E depressa. Pois, se era esse o desafio, foi o que fizemos. A um ritmo de 700.000 documentos por mês. Em 4 meses o projeto estava concluído.

Montámos uma fábrica para a desmaterialização dos formulários. Criámos mecanismos de distribuição segura para todos os balcões em Portugal, Europa e América Latina.

Benefícios em cadeia


Produtos como o Factoring ou o Pagamento a Fornecedores trazem vantagens, tanto para os bancos como para os seus clientes empresariais.


Para o cliente, além do financiamento, representam ferramentas de gestão. Reduzem custos administrativos, estabilizam a tesouraria, diminuem o risco e o atrito das cobranças. Para os bancos são fontes de receita extremamente seguras. 

E, dando acesso à operação não só do cliente como dos seus parceiros comerciais, são também poderosos mecanismos de captação de negócio. Mas há uma dificuldade. Envolvendo tantas empresas, estas operações em cadeia tornam-se complexas, difíceis de implementar e operar.

A solução desenvolvida pela Novabase, adotada por bancos de referência em Portugal, permitiu, no BBVA, aumentar em 250% a margem operacional e mais do que dobrar, num ano, a quota de mercado em factoring.

Os produtos incorporam o know-how da Novabase com bancos de todas as dimensões. O que significa? Uma implementação rápida. Apoio na definição do modelo de negócio.

E resultados: mais contratos, mais clientes e, principalmente, clientes mais satisfeitos.